Qual o melhor aditivo para o carro?

Basicamente, aditivo é toda substância que potencializa as boas características do líquido ao qual é misturado. Existem vários tipos de aditivos, e cada um deles é indicado para uma função específica, divididos em:

  • Detergentes: aditivos que mantêm a “limpeza” e evitam a formação de resíduos de carbono que podem existir durante a combustão.
  • Antioxidantes: evitam a oxidação e a degradação do lubrificante
  • Anticorrosivos: sua função principal é proteger o metal da corrosão, seja da umidade atmosférica ou de substâncias ácidas.
  • Antiespumantes: impedem a formação de espuma (que acelera a oxidação do lubrificante e a retenção de calor).
  • Extrema pressão: esses aditivos impedem que a película formada pelo óleo se desgaste e chegue ao metal. 
  • Melhoradores de viscosidade: mantém a viscosidade apesar da variação de temperatura.

Quando usar aditivos?

O uso de aditivos é altamente recomendado seja nos óleos lubrificantes, nos fluidos de transmissão ou no combustível. O ideal é sempre conversar com um profissional para entender quais as necessidades do carro e quais os aditivos mais indicados. 

A High Torque desenvolveu uma linha de aditivos pensados para os carros brasileiros. Levamos em consideração o uso, as características do combustível e até fatores climáticos para criar uma linha de produtos que fosse adequada ao que temos aqui. Sabemos quais são os principais problemas dos veículos no Brasil e nossos aditivos foram pensados para minimizar esses desgastes. Nada melhor do que um produto criado por quem ama e entende de carro, não é mesmo?

Quer saber mais sobre nossos aditivos? Visite nossa loja e acompanhe nosso canal

Aditivos x aditivados

Não são a mesma coisa. Geralmente, aditivados se refere ao combustível, que recebe algum tipo de aditivo para melhora de performance e já chega prontinho para você. Já o aditivo é vendido separadamente, e pode ser adicionado não apenas ao combustível, como também a outros fluidos (cada qual com o produto específico).

Atenção: É importante tomar cuidado ao acrescentar o aditivo ao combustível já aditivado. A composição pode gerar incompatibilidade.